Gestão de crise para frotas: como preparar sua empresa financeiramente?

gestao-de-crise-para-frotas
4 minutos para ler

Ter uma boa gestão de crise para frotas é fundamental e um dos principais fatores que distinguem uma empresa que fecha as portas de uma que cresce, mesmo em momentos difíceis. Você está preparado para esses dias mais complicados, mesmo que eles não venham a acontecer?

Ao longo deste texto, você vai entender o que de fato é uma crise, além de conhecer algumas dicas que vão ajudá-lo a se preparar para tal momento. Confira!

Entenda o verdadeiro significado de crise

Primeiramente, precisamos entender o que é uma crise, pois, somente assim é possível analisar a situação por completo e definir quais são as melhores estratégias. Em sumo, esse é um evento de grandes proporções, que costuma afetar vários setores e que tem uma solução não relacionada as suas atitudes, ou seja, somente ações externas podem resolvê-la.

Quer ver como funciona com um exemplo? Suponha que haja uma greve dos motoristas de sua empresa. Embora isso afete muitas pessoas — e as vezes até outros negócios —, é um grupo restrito e, a sua intervenção como gestor pode resolver o problema. Mas e se ela for generalizada e milhares de profissionais pararem, como o que ocorreu a algum tempo com os caminhoneiros?

Algumas ações que você venha a tomar podem até amenizar os danos em relação a sua empresa, mas não resolverão o problema — tendo em vista que ele é muito mais amplo e depende de atitudes de outras pessoas. Dessa forma, podemos dizer que uma crise afeta muitas pessoas, a escala é grande e a resolução não depende somente de seus atos.

Uma das melhores maneiras de se preparar para dias ruins é economizar e aperfeiçoar processos, principalmente quando tudo está em ordem e existe a possibilidade de investimento.

Procure por boas opções no gerenciamento e compra de combustível

Não tem como escapar, o combustível é e provavelmente sempre será um dos maiores custos para uma transportadora — sem contar que é item fundamental na gestão de crise para frotas. Procure por maneiras mais eficientes de gerenciar o consumo desse insumo tão importante.

Pesquisar pelos melhores preços e opções de pagamento é uma ótima forma de economizar, burlar as crises e até mesmo alavancar o crescimento da sua empresa. O cartão combustível, por exemplo, traz uma série de benefícios que serão muito úteis em qualquer situação, além de dar mais controle sobre os gastos ao gestor, tudo com segurança e clareza.

Programe manutenções preventivas e treine os seus motoristas

Os custos de ter um veículo parado — seja por qualquer motivo — podem ser bem altos. Nesse contexto, prevenir-se e evitar que isso aconteça é essencial para evitar prejuízos. Por isso, é fundamental realizar manutenções preventivas, pois elas são uma maneira eficiente de manter a sua frota em bom estado, reduzindo a possibilidade de quebras e paradas inesperadas.

Além disso, a manutenção preventiva evita que pequenos problemas cresçam e tragam prejuízos maiores. O treinamento dos profissionais também é essencial, tendo em vista que uma coisa simples como a calibragem dos pneus, quando feita incorretamente, pode levar a um aumento do desgaste e gerar mais custos. E se o problema for mais sério, seus motoristas sabem identificar?

Planeje e otimize as rotas por meio de um software de gestão

Essa é outra dica valiosa e, assim como as demais, pode ser usada tanto em momentos de crise quanto nas melhores épocas. Faça um bom roteiro das viagens e utilize softwares de gestão para otimizar os processos. Além de auxiliar na economia de combustível, isso ajuda a desgastar menos o equipamento.

Você já parou para pensar que alguns veículos tendem a rodar muito mais que outros e, por consequência, sofrem mais desgaste? Com um bom software de gestão essa diferença diminui, o consumo de peças acaba se equalizando e as manutenções podem ser reduzidas.

Percebeu como é importante ter um plano de gestão de crise para frotas? Não perca tempo, faça uma análise da real situação do mercado e veja se a sua empresa está preparada para o que vier. Na pior das hipóteses, haverá uma economia dos custos operacionais, o que não é nada mal, não é mesmo?

E se você quiser ser um gestor ainda melhor, leia nosso texto com alguns segredos para fazer gerenciar frotas de maneira eficiente!

Você também pode gostar

Deixe um comentário