Gestão de frotas: descubra 6 segredos para fazer de forma eficiente

6 minutos para ler

Fazer uma boa gestão de frotas é a receita, quase mágica, para que o seu negócio prospere da maneira como você planejou. Mas como gerir corretamente os veículos da sua empresa, fazendo com que eles sejam aliados e não inimigos do negócio?

A grande questão é que, em um momento no qual tanto se discute mobilidade, é preciso otimizar recursos. No caso de uma frota de veículos, é necessário fazer com que os carros tenham a sua vida útil prolongada, gastando pouco combustível e fomentando os negócios da melhor forma possível.

Para ajudar você, preparamos este post com 6 boas práticas essenciais para que a gestão de frotas seja feita de forma eficiente. Vamos lá?

Afinal, o que é gestão de frotas?

Grande parte das empresas possuem automóveis, como carros, motos e caminhões, para realizarem a parte operacional da sua logística. Eles são ativos do negócio, ou seja, bens, e precisam ser cuidados. Todo investimento deve trazer um retorno para a corporação, não é verdade?

Esse é o mesmo caso em que se enquadra a frota de uma empresa. Ela faz parte de um processo: é um recurso que precisa ser usado da melhor forma possível, para potencializar a receita do negócio. A gestão de frotas é responsável por controlar e gerenciar os veículos de uma empresa.

Ela cuida do processo macro e de seus subprocessos, como o gerenciamento de combustível, licenciamento anual, controle e pagamento de multas, manutenção dos veículos e gestão do perfil de condutores. Tudo isso é necessário para reduzir os custos com o processo e fortalecer a logística do negócio.

Por que otimizar esse processo?

Muitas empresas ainda não perceberam a importância do gerenciamento desse processo para o sucesso do negócio. Há vários pontos que são sensíveis e melhorados com a gestão de frotas, devido à sua interface, seja direta, seja indireta. O gerenciamento da frota está relacionado, por exemplo, ao tempo que a sua empresa faz uma entrega: se o automóvel deixou de passar por uma manutenção e estraga na rota, o seu cliente é impactado.

Somente com o exemplo acima vimos três processos que são impactados pela gestão de frotas: experiência do cliente, custos não previstos e improdutividade da frota. Por causa da ausência de uma ação tão simples, como a manutenção do veículo, toda a cadeia de vendas do seu negócio é prejudicada. Isso impacta, inclusive, na percepção do cliente em relação ao valor da sua marca.

Para garantir a produtividade do seu negócio, poder expandir a sua área de atuação, bem como prospectar novos clientes e manter os atuais fiéis à sua marca, é preciso investir na gestão de frotas. Entender ela como uma solução necessária para que a sua empresa foque no principal, que é gerar lucro, é o primeiro passo para o sucesso.

Powered by Rock Convert

Como é possível fazer a otimização?

Com certeza, agora, você percebeu como a gestão de frotas é essencial para o seu negócio e deve estar se perguntando como fazê-la de forma certeira e eficaz. Primeiramente, você precisa ter clara a ideia de que o gerenciamento de qualquer processo não é mágico. É necessário contar com profissionais capacitados e ferramentas que auxiliam o gerenciamento eficiente. Abaixo, confira cinco segredos para a gestão de frotas inteligente!

1. Cuide da manutenção dos veículos

O primeiro passo para garantir o bom funcionamento da sua frota é garantir que a manutenção dos carros esteja em dia. Veículos mal cuidados e com peças desgastadas, além de estarem sujeitos a pararem de uma hora para outra, ainda gastam mais combustível e poluem o meio ambiente. Portanto, na sua gestão de frotas, faça sempre uma tabela na qual você possa registrar todas as manutenções já realizadas e aquelas que estão agendadas.

2. Esteja atento à legislação

Carros de frota rodam muitos quilômetros, passando todos os dias por diferentes lugares. Por isso mesmo, eles estão mais sujeitos às fiscalizações. Nesse caso, o seu papel é estar atento à legislação, prestando atenção sobre o que ela diz a respeito de frotas de empresas, e acompanhando a situação legal de cada carro. Caso haja alguma multa, não perca o prazo do recurso e pague em dia quando não conseguir reverter a situação.

3. Ofereça treinamento constante aos motoristas

Como são muitos motoristas com hábitos e costumes diferentes ao volante, você deve buscar capacitação constante para padronizar a forma de condução dos veículos da frota. Além disso, treinamentos podem ajudar os motoristas a conduzirem de uma forma mais econômica e eficiente, evitando gastos desnecessários com combustíveis e eventuais multas.

4. Analise o perfil do condutor

Treinar os motoristas que já fazem da sua empresa deve ser rotina no seu negócio. Porém, outra prática tão importante quanto essa é fazer um processo de recrutamento para o cargo, levando-se em consideração técnicas para mapeamento do perfil de condução. Com essas informações, o seu trabalho para gerenciar o time é reduzido. Afinal, selecionar profissionais mais aderentes ao seu negócio é sinônimo de produtividade.

5. Faça um rigoroso controle de rotas

Você sabe por onde andam todos os veículos da sua frota? Com certeza, a resposta é não. Por isso, experimente estabelecer um controle de rotas, por meio de GPS online. Além de controlar melhor o que os seus motoristas estão fazendo durante o trabalho, você ainda pode fazer um estudo para encontrar formas mais eficientes de realizar negócios, com menos gastos e menos tempo empreendido.

6. Busque ajuda da tecnologia

Embora gerir corretamente a frota, como vimos até aqui, seja muito importante, é certo que essa é apenas uma das suas funções como empreendedor. Além disso, é preciso dar conta de todos os outros aspectos que envolvem o seu negócio. Logo, qualquer ajuda é bem-vinda.

A boa notícia é que, atualmente, a tecnologia já disponibiliza uma série de aplicativos que permitem fazer a gestão da sua frota economizando tempo. Assim, é possível realizar o controle de manutenções, consumo de combustível, planejamento de rotas e outros aspectos pela tela do seu smartphone, de forma simples e prática. Procure um que supra as suas necessidades!

Com essas dicas, você conseguirá gerir a sua frota de maneira eficiente e lucrativa. Agora, que tal aproveitar e ler mais sobre o tema, aqui no blog? Veja como você pode adotar indicadores de gestão de frotas que fazem a diferença! Boa leitura!

Você também pode gostar

Deixe um comentário