Entenda o que é logística internacional e como ela funciona

4 minutos para ler

O transporte de cargas impulsiona não só a economia local, mas também a nacional. Por isso, quem pretende fazer parte do setor de exportação e importação deve entender como funciona a logística internacional.

Não importa se o transporte é dentro da América do Sul ou além do Oceano Atlântico, o comércio entre países é lucrativo e fundamental para o Brasil se manter relevante economicamente e para as empresas crescerem e prosperarem.

Para trazer bons frutos ao negócio, é necessário entender como navegar no setor. Por isso, fizemos este texto com tudo que você precisa saber sobre a área que organiza o transporte de cargas internacional. Boa leitura!

O que é logística internacional e qual é sua relevância no transporte de cargas?

A logística internacional é o gerenciamento de toda a cadeia de transporte que inclui os trâmites e processos burocráticos e legais específicos para o comércio exterior.

Ela funciona como integrante estratégica para o crescimento da empresa e é um diferencial competitivo. Com o avanço da tecnologia na logística, os clientes buscam cada vez mais por empresas que estejam aptas a oferecer as soluções de entrega mais práticas, com melhor custo-benefício.

Quais são as diferenças entre logística internacional e doméstica?

A primeira se refere ao gerenciamento de estoques e processos de entregas realizadas fora do território nacional; a segunda, à gestão do comércio feita apenas dentro do país. Existem ainda questões mais específicas em cada uma delas. Por isso, separamos os tópicos mais sensíveis, a seguir.

Negociação: conhecer as normas é o mais importante

O Brasil conta com uma legislação bem exigente para a troca de mercadorias entre países. Além de entender o texto base sobre exportações e importações, é importante informa-se sobre a tributação peculiar de cada produto comercializado.

Powered by Rock Convert

No site da Receita Federal, há um Manual de Exportação muito prático de acessar e consultar. Estar a par das questões legais é importante para conseguir melhores negociações e manter-se à frente da concorrência.

Modais: entender os tipos de transporte é fundamental

Quando a empresa pensa em se expandir internacionalmente, é indispensável entender os tipos de transporte de carga das entregas fora do país. São eles:

  • aeroviário: é o transporte mais ágil. Por conta disso, é o mais caro e também tem a desvantagem de ter a menor capacidade de carga de todos;
  • marítimo ou aquaviário: por contar com uma grande capacidade de carga, com uso de navios e containers, é um dos mais baratos, mas demanda mais atenção aos trâmites legais;
  • ferroviário: o uso de trens é indicado para grandes distâncias. Esse meio de locomoção diminui o custo do frete e apresenta uma grande capacidade de carga;
  • dutoviário: é um sistema de tubulações inventado para transportar de forma segura petróleo e seus derivados, bem como gases, e é mais barato que o ferroviário e rodoviário;
  • rodoviário: um dos melhores para o comércio entre países do mesmo continente, já que não necessita de transferência da mercadoria entre tipos diferentes de transporte.

Esses são os dois tópicos cruciais de partida para começar a planejar a logística internacional da sua empresa. Mas como ela funciona na prática?

Como funciona a logística internacional?

Geralmente, o comércio internacional é centralizado por uma empresa conhecida como Agente de Carga. Ela faz a ponte ou gerencia armazéns, gestão aduaneira, o transporte entre modais e o “Last Mile Delivery” — o trajeto final da entrega até o cliente.

Administrar todas essas etapas é o que garante uma logística internacional eficiente, por isso, é importante contar com Agentes de Carga para o seu negócio.

Com a chegada da pandemia, o futuro do transporte de cargas precisa estar alinhado às tendências do setor, assim como à maior preocupação do cliente sobre a origem e o cuidado do transporte de seus produtos. Transparência e comprometimento são peças-chave da logística atualmente.

A logística internacional não é um bicho de sete cabeças. Buscar bons parceiros e conhecimento é fundamental para aproveitar os frutos dela para a estratégia da empresa. Por isso, siga-nos no Facebook e LinkedIn para não perder nenhum conteúdo acerca do tema.

Posts relacionados

Deixe um comentário