Gestão de frota

Manutenção veicular: como fazer na gestão de frotas?

abril 15, 2019
Manutenção veicular
Tempo de leitura 3 min

A gestão de frotas é repleta de processos desafiadores. Afinal, controlar o consumo de combustível, fazer a manutenção veicular e gerir o pagamento do frete são apenas alguns exemplos das atividades realizadas por quem trabalha na área.

Como se trata de um tema bastante relevante, preparamos este post a fim de mostrar como o cuidado com os veículos tem um papel de destaque nesse contexto. Ao longo do texto, mostraremos como fazer a conservação e os principais custos envolvidos. Confira!

Por que a manutenção veicular é tão importante?

A manutenção dos veículos é uma das necessidades mais importantes da gestão de frotas, tendo em vista que ela possibilita a redução de custos e a otimização da eficiência do automóvel. Assim como o abastecimento, ela está ligada a uma série de fatores que devem ser acompanhados de perto para evitar maiores problemas no futuro.

Em um processo de preservação veicular, todos os sistemas do carro são devidamente averiguados — parte elétrica, hidráulica e assim por diante. Os fluidos e os filtros são substituídos, e os itens de segurança e o motor passam por inspeções.

Assim, a vida útil do veículo tende a crescer e a desvalorização é evitada ao máximo. Consequentemente, diminuem as chances de a frota causar algum prejuízo para a empresa, como multas, atrasos, consertos e reboques.

Quais são os maiores custos com a manutenção de frotas?

Alguns dos custos mais significativos estão ligados à ausência do controle de estoque, uma vez que isso pode gerar a falta de materiais necessários ou, ainda, contribuir para um desperdício de peças. A demora na troca de componentes também deve ser evitada de qualquer maneira. Afinal, o mal funcionamento ocasiona uma “bola de neve”, com várias quebras e paralisações.

O controle de combustível, por sua vez, demanda um cuidado incessante, pois a organização pode perder oportunidades e sofrer ainda mais com a instabilidade de preços. Com planejamento e gestão eficazes, essas complicações tornam-se contornáveis.

Como aproveitar melhor a manutenção veicular de frotas?

Veja, a seguir, algumas medidas que vão lhe ajudar a aproveitar bem mais a manutenção veicular!

Treine os motoristas

Com boas práticas de direção e uso dos veículos, é provável que as manutenções sejam mais duráveis. Além disso, condutores conscientes colaboram para que a vida útil dos veículos estenda-se naturalmente e evitam também gastos desnecessários.

Monitore os veículos

O monitoramento da frota é uma maneira eficiente de controlar por quais locais os veículos andam, as rotas escolhidas, as condições dos asfaltos e rodovias etc. Para isso, é preciso contar um sistema próprio.

Implante um sistema de gestão

Além de uma ferramenta para rastrear, também é interessante ter um sistema completo de gestão de frotas à disposição da empresa. Desse modo, fica mais fácil entender quando fazer manutenções preventivas, o estado e o histórico de cada carro, os próximos itens a serem verificados e assim por diante.

A manutenção veicular é uma atividade fundamental para fazer uma gestão de frotas eficiente. Portanto, se você deseja melhorar o desempenho de seus veículos e reduzir certos custos, dê a atenção que esse aspecto merece.

Gostou do texto? Então, aproveite para assinar nossa newsletter gratuita e receba conteúdos exclusivos!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário