Gestão de frota

Planilha de controle de combustível realmente funciona? Descubra neste post!

novembro 29, 2018
Tempo de leitura 3 min

Com o preço da gasolina, do diesel e do etanol nas alturas, cada vez mais pessoas e empresas têm buscado formas de economizar. E um dos instrumentos mais eficazes é a adoção da planilha de controle de combustível.

Você deve estar se perguntando: como uma planilha pode ajudar a economizar combustível? O grande segredo é o monitoramento e o planejamento. A planilha permite que você acompanhe o desempenho de cada um dos carros da sua frota e dos motoristas responsáveis pela condução, permitindo que sejam adotadas medidas preventivas e corretivas, no sentido de buscar uma otimização no uso dos recursos.

Como a planilha de controle de combustível funciona?

Embora existam muitos aplicativos que permitam o controle de combustíveis, não é necessário baixá-los. A velha e boa planilha de Excel já é capaz de suprir todas as suas necessidades, de uma forma bem simples e clara.

Afinal de contas, a ideia de realizar o controle do uso de combustíveis na empresa começa pela coleta dos dados de todos os veículos e motoristas, produzindo um banco de dados que possa ser analisado.

Veja o que deve constar na sua planilha:

  • identificação do veículo;
  • identificação do motorista;
  • indicação do posto;
  • tipo de combustível;
  • quantidade e distância;
  • hodômetro.

Como preencher corretamente a planilha de controle de combustível?

Agora vamos entender como você deve inserir os dados na planilha, para que ela seja útil para você. Em primeiro lugar, é preciso identificar qual veículo foi abastecido. Depois, deve ser identificado o motorista responsável pelo abastecimento e pela condução. Este dado pode variar à medida que o carro for sendo utilizando, por isso, é importante que o campo para identificação do motorista permita incluir o nome de vários.

Depois, é necessário identificar qual posto foi o fornecedor do combustível e qual tipo de produto foi usado — gasolina, etanol, diesel, gasolina aditivada etc. Por fim, é necessário zerar o hodômetro parcial e marcar qual foi a quantidade de litros abastecida. Na hora de abastecer novamente, volte neste campo e preencha a quilometragem percorrida com o tanque.

Como esses dados podem ajudar na economia de combustível?

A partir das anotações da planilha, você poderá tirar a média de consumo de cada um dos carros da frota. Com esses dados, você poderá analisar desvios e terá a oportunidade de entender como eles ocorrem. O consumo de combustível pode ser influenciado por má qualidade do produto, forma de conduzir de cada motorista, manutenção dos veículos em atraso, dentre outros fatores.

Dessa forma, você poderá adotar ações corretivas e preventivas, buscando otimizar os recursos da sua empresa, aumentando a sua margem de lucro e contribuindo para o meio ambiente.

Como você viu, a planilha de controle de combustível pode ser bem funcional e prática. Caso você queira ainda mais comodidade, pode buscar um software que seja capaz de realizar este controle para você com muito mais facilidade! Caso tenha gostado deste post e queira receber mais conteúdos como este, direto na sua caixa de e-mails, assine a nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro de tudo os assuntos relacionados a este tema!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário