Sistema para transportadora: quando vale a pena implantar?

sistema para transportadora
4 minutos para ler

Devido às mudanças no comportamento dos consumidores e na evolução de todo o mercado, controlar as operações de transporte de carga está ficando mais complexo, mais caro, com processos mais burocráticos.

Para que todo esse trabalho fique mais simples, é recomendável que as empresas contem com um software específico para gerenciar a sua frota. Hoje existem diferentes aplicativos que podem ser utilizados como auxiliares nessa gestão. Neste artigo, mostraremos quando vale a pena implantar um sistema para transportadora. Leia e descubra mais sobre o assunto!

O que é um sistema para transportadora?

É importante que as empresas deixem de lado métodos mais antigos, como a planilha de controle de frota, e comecem a utilizar métodos mais modernos, capazes de satisfazer tudo que a empresa precisa, impulsionando o seu crescimento a menores custos.

Um sistema para transportadora é um software que reúne recursos e ferramentas diversas que ajudam o gestor na organização de todos os processos necessários ao transporte de cargas. Ele ajuda a planejar as operações e processa os dados associados à carga e às outras ações relativas, entregando os resultados para os responsáveis.

Para que esse sistema serve?

Um sistema para transportadora completo oferece funcionalidades da máxima importância, como:

Powered by Rock Convert
  • a emissão de documentos fiscais eletrônicos, como CTe (Conhecimento de Transporte Eletrônico) e MDFe (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais);
  • a gestão de frotas, que envolve cuidados como o controle de pneus, as manutenções preventivas e periódicas, o controle de despesas por veículo, a emissão de ordens de serviço;
  • o TMS (Sistema de Gerenciamento de Transporte), que gerencia as operações de transporte de cargas, como gastos e lucros de cada viagem/frete, o acerto de contas com o motorista, as multas de trânsito, o cálculo automático de frete, a programação das entregas e assim por diante;
  • o controle financeiro, gerenciando valores a pagar e a receber;
  • a roteirização das entregas, considerando o caminho mais curto e seguro, a redução no consumo de combustível e outros critérios;
  • as integrações por meio de EDI (Integração de Dados Eletrônicos), para recebimento de notas, emissão de CT-es, averbação de cargas e tarefas mais complexas;
  • a gestão das mercadorias controlando todas as etapas até o embarque no caminhão;
  • o controle logístico em geral, administrando também os itens armazenados e seu fluxo de entrada e saída.

Por que investir em um sistema de gestão?

Diante de tudo que foi dito sobre as funcionalidades de um sistema para transportadora, fica fácil entender por que uma política de frotas eficiente deve priorizar a adoção de um software específico. Primeiramente, trata-se de um investimento cujo retorno se verá em pouco tempo, com a otimização dos processos.

Considere os benefícios gerados pelo sistema, como o controle de abastecimento, ou seja, o controle de combustível, o que contribui para minimizar alguns dos maiores custos logísticos. O sistema promove o controle financeiro, das rotas, do comportamento do motorista, dos eventos fiscais e até dos estoques.

A automação dos processos, liberando mais tempo para que os profissionais se dediquem a atividades mais estratégicas, também é um bom motivo para investir em sistema para transportadora. Além de otimizar o tempo, o sistema permite resultados mais eficientes e aumenta a produtividade do negócio, reduzindo a quantidade de erros e retrabalhos.

O gestor consegue ter uma visão sistêmica dos processos, fundamentando as suas decisões em dados confiáveis, em números precisos, em relatórios detalhados. A integração e a comunicação entre os diferentes setores melhoram consideravelmente, sendo possível inclusive eliminar etapas desnecessárias, tornando o trabalho mais “enxuto” e eficiente.

Convém escolher o sistema para transportadora que mais se ajuste às suas necessidades, ou seja, uma solução customizável, flexível e escalável, que acompanhe o crescimento do negócio, atendendo às suas novas necessidades e garantindo sempre a melhor produtividade.

Gostou do assunto? O que pensa sobre a automação nas transportadoras? Já conhece o cartão que permite um maior controle sobre o abastecimento dos veículos? Trata-se de uma inovação digital que também aprimora bastante a gestão. Aproveite para conhecer mais o Cartão CTF-BR Frota!

Você também pode gostar

Deixe um comentário