Veja quando a terceirização da frota é a melhor opção para você

Terceirização da frota
4 minutos para ler

Administrar uma operação logística sempre será sinônimo do balanço de prioridades. Em um segmento tão repleto de informações, valores, distâncias e variáveis acabam sendo fundamental que o gestor exercite suas habilidades comparativas.

Por conta disso, acreditamos que esse é o momento adequado para discutir sobre a terceirização da frota. Mas afinal de contas: terceirizar é uma boa ideia? Descubra a resposta para essa e outras curiosidades a seguir!

Como funciona a terceirização da frota?

Essencialmente, terceirizar é o ato de delegar uma função, tarefa ou demanda a um terceiro. Tratando-se de frotas, isso corresponde à transferência de todas as responsabilidades logísticas a uma empresa competente no segmento.

Logo aqui, encontramos a maior vantagem da terceirização aos olhos empresariais: a eliminação do custo de posse! Você, enquanto gestor tarimbado, bem sabe como isso pode representar um fôlego gigantesco ao caixa da operação.

Quando terceirizar é uma boa ideia?

Basicamente, quando a empresa está consciente de todas as implicações inerentes a essa parceria. Como exemplo, podemos citar a perda da dita “publicidade ambulante”. Com frotas próprias, é possível customizar os veículos, garantindo um marketing itinerante durante os deslocamentos operacionais.

Com frotas terceirizadas, isso não acontece. Na realidade, isso também se demonstra como uma vantagem à terceirização, que entrega o mais puro essencialismo à operação logística: os veículos.

Agora, confira quais são os outros benefícios em terceirizar!

Autonomia operacional

Geralmente, empresas em ciclos de expansão acabam ficando um tanto “perdidas” durante a criação de setores aptos para acompanhar seu crescimento. Assim, a eficiência operacional entra em declínio.

Para essas empresas, terceirizar é uma alternativa de ouro, uma vez que delega as preocupações do setor aos cuidados de uma empresa confiável.

Flexibilidade financeira

Como você bem sabe, ter veículos é sinônimo de ter despesas, aqui representadas por parcelas de seguro, financiamentos, impostos, tributos, abastecimentos, entre outros. Nesse contexto, a terceirização se destaca garantindo elasticidade ao orçamento da operação, que não terá que se preocupar com esses gastos que já estão embutidos no contrato com a terceirizada.

Atualidade patrimonial

Embora as unidades terceirizadas não constituam o patrimônio da empresa, ainda assim ela poderá utilizar veículos novos e aptos às condições da sua operação. Tudo isso sem arcar com os custos inerentes à atualização (e os reparos, que não são poucos) de toda uma frota

Previsibilidade orçamentária

Lembra-se de todos aqueles custos inerentes à posse? Pois então, além disso ainda se deve considerar que essas despesas flutuam de acordo com a imprevisibilidade dos eventos da sua operação logística. Com a terceirização, isso deixa de ser um desafio para a empresa!

Isso porque a organização que terceiriza só precisa se preocupar com a responsabilidade do custo único do contrato, relativo ao número de unidades terceirizadas — além dos bons resultados adquiridos com a parceria, claro. Com isso, evitam-se as inúmeras despesas, bem como suas flutuações, garantindo previsibilidade ao caixa da operação.

Como vimos, a terceirização é uma excelente alternativa para boa parte das empresas. No entanto, ressaltamos que o sucesso dessa solução está diretamente ligado ao relacionamento com a empresa fornecedora das unidades e, por isso, é importante realizar uma boa pesquisa de mercado antes de celebrar uma parceria.

Gostou desse artigo abordando a terceirização da frota? Então aproveite o seu interesse no tema para aprender mais sobre a gestão do pagamento do frete, otimizando a sua operação!

Você também pode gostar

Deixe um comentário