Viagem tranquila: 6 dicas para quem trabalha com transporte

viagem tranquila
4 minutos para ler

Um dos sonhos de todo gestor de frotas e dos motoristas é ter uma viagem tranquila, afinal, no ramo de transportes, qualquer problema pode gerar dor de cabeça e prejuízo. Para evitar esse tipo de situação, é preciso conhecer algumas dicas.

Neste texto você confere 6 dicas que vão ajudar a garantir uma viagem tranquila aos motoristas da sua frota. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

1. Mantenha a documentação em dia

O primeiro passo para uma viagem tranquila é ter toda a documentação em dia — e não estamos falando apenas da CNH do motorista e do registro do veículo. A legislação brasileira exige uma série de itens para que uma carga seja transportada dentro da legalidade.

Nota Fiscal eletrônica (NF-e), Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) e Código Identificador de Operação de Transporte (CIOT) são apenas alguns dos documentos exigidos. Sem eles, além de multas pesadas, pode ocorrer até mesmo a retenção da carga e do veículo.

2. Planeje as rotas

Outro detalhe que muitos não prestam atenção é o planejamento da rota. Normalmente consideramos apenas o percurso, e quase sempre, quanto mais curto ele for, melhor. Acontece que nem sempre isso é uma verdade, o que pode gerar alguns transtornos.

Imagine o seguinte: foi escolhido o caminho mais curto, mas na metade do trajeto notou-se que o caminhão é grande demais para a via. Percebeu a confusão que isso pode causar? Ao planejar as rotas, evite regiões que podem alagar, que tenham muito trânsito constantemente ou buracos, entre outros aspectos.

3. Mantenha a manutenção da frota em dia

Caminhão quebrado: esse é o pesadelo de todo motorista e gestor de frotas. Sabe como evitar que esse tipo de situação aconteça? Invista na manutenção, seja ela preventiva, seja ela a manutenção preditiva. Trafegar com o veículo em más condições, além de perigoso, aumenta as chances de uma quebra.

Além disso, dependendo da situação, o caminhão pode ser multado e até mesmo apreendido. É verdade que a manutenção pode levar boa parte do orçamento de uma empresa de transportes, mas ignorá-la tende a gerar prejuízos bem grandes — o que não ajuda a manter a competitividade.

4. Invista na direção defensiva

A forma como os motoristas guiam também está relacionada a uma viagem tranquila ou não. Quando estressados ou mal treinados, além de aumentarem o consumo de combustível e o desgaste das peças do caminhão, esses condutores ainda podem causar acidentes.

Invista em treinamentos sobre direção defensiva e exija tais práticas dos motoristas. Essa é uma excelente ferramenta para evitar problemas e garantir uma viagem tranquila. 

5. Cuide da ergonomia

Ainda que você tenha rotinas mais ligadas à administração da empresa, é bem provável que tenha um veículo e faça uso dele diariamente. Sabe aquela dor nas costas que incomoda o caminho inteiro? Agora imagine isso 8 horas ou mais por dia. Um dos responsáveis por esse incômodo é a falta de ergonomia, ou seja, bancos ou posições desconfortáveis.

Invista no conforto dos motoristas e de seus ajudantes. Isso não quer dizer prestar atenção apenas nos veículos. Muitas vezes esses profissionais precisam carregar algum tipo de carga nas mãos e, se isso não for feito adequadamente, podem machucar a coluna. Verifique as rotinas e forneça sempre as melhores condições de trabalho, pois tal prática reduz o estresse e os afastamentos por doenças.

6. Foque no monitoramento da frota

Por fim, temos o monitoramento da frota, que é essencial para evitar o roubo de cargas, que impedem uma viagem tranquila. Use a tecnologia a seu favor: sabemos que nosso país não é tão seguro como gostaríamos, e qualquer ajuda para evitar transtornos é bem-vinda, ainda que tenha um custo.

Viu como algumas práticas podem garantir uma viagem tranquila? Além disso, algumas das dicas que demos vão lhe ajudar a melhorar o desempenho da empresa e torná-la mais competitiva. Ponha em prática tudo o que aprendeu neste post e não deixe que imprevistos prejudiquem o seu negócio.

Agora que você já sabe como garantir uma viagem tranquila, leia nosso post sobre o controle de abastecimento de frota e economize com combustível!

Você também pode gostar

Deixe um comentário